Sensores industriais e sua importância na automação

5 de março de 2020 por na categoria Gestão com 0 e 0
Home > Blog > Gestão > Sensores industriais e sua importância na automação

A indústria 4.0 é uma realidade mundial e com ela veio a necessidade de indústrias terem esquemas mais eficazes de automação. Nesse sentido, os sensores industriais desempenham papel fundamental, assim como os cabos que os conectam aos controladores ou comandos.

Quer entender melhor como funcionam os sensores industriais e sua importância na automação? Então, continue lendo este artigo e, nos tópicos a seguir, encontre as informações pertinentes ao tema.

  • O que são os sensores industriais
  • Importância dos sensores industriais

O que são os sensores industriais

Sensores são dispositivos essenciais na automação industrial, com a função de controlar diferentes aspectos, como nível, temperatura, posição, velocidade, pH e outros, de modo a contribuir com o processo produtivo.

Além disso, quando os sensores industriais de medição são elétricos, eles podem funcionar analisando tensão ou corrente. Sensores que avaliam a corrente são mais comuns, já que evitam leituras erradas por influência de outros equipamentos.

Há dois tipos de sensores industriais, veja a seguir quais são e as suas subdivisões:

  • Sensores Discretos

Esse tipo conta com sinal elétrico de saída do tipo ON/OFF, sendo usado para detectar eventos, como por exemplo a chegada de fluído a um determinado nível ou um objeto a certa posição. Por sua vez, os sensores discretos podem ser de contato mecânico ou de proximidade.

Sensores de contato mecânico: esses sensores trabalham a partir de uma força entre ele e o objeto que deve ser detectado. Para tanto, possuem a sua estrutura reforçada, a fim de aguentar as forças mecânicas decorrentes do contato com o objeto.

Sensores de proximidade: aqui, a detecção do objeto se dá apenas por conta da sua proximidade com o sensor.

  • Sensores de medição ou transdutores

Esses sensores industriais atuam por meio de um sinal elétrico de saída, que reproduz a amplitude do seu sinal de entrada, sendo que o de saída pode ser analógico ou digital. O mais comum é que sejam usados em controle dinâmico de processos da indústria.

Eles podem ser dos seguintes tipos:

  • Sensores de nível, que detectam o nível de um líquido;
  • Sensores de vazão, que percebem a vazão do fluído;
  • Sensores de temperatura, que medem a temperatura do mesmo;
  • Sensores de pressão, que medem a pressão de um fluído.

Importância dos sensores industriais

Como você pode ver, existem diferentes sensores industriais, todos eles essenciais a empresas de acordo com o seu segmento de mercado. Afinal, garantem a segurança não só dos processos realizados na indústria, como dos funcionários que trabalham nas máquinas.

Além disso, tornam os processos industriais mais eficientes, evitando problemas e acidentes, por consequência, a maior produtividade está garantida. Isso impacta diretamente a conversão de vendas, pois, com mais produtos fabricados, é possível comercializar um maior volume.

Nesse contexto, o uso de cabos adequados aos sensores também promove uma maior produtividade, tanto pela eficiência no processo produtivo, como pela segurança que proporcionam aos trabalhadores.

Saiba mais sobre a Indústria 4.0, os processos de automação e os sensores conferindo este artigo: https://www.sparflex.com.br/voce-sabe-o-que-e-a-industria-4-0/

Se você precisa de cabos para automação, entre em contato com os especialistas da Sparflex pelo telefone (11) 2535-8900, por e-mail contato@sparflex.com.br ou pelo site www.sparflex.com.br.

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação