Manutenção industrial – como planejar e executar

21 de março de 2019 por na categoria Institucional com 0 e 0
Home > Blog > Institucional > Manutenção industrial – como planejar e executar

O mercado nos dias de hoje está cada vez mais exigente e competitivo, com empresas se dedicando cada vez mais a cumprir os prazos de entrega e garantir a qualidade dos produtos que são fornecidos para seus clientes. Além de diversos cuidados relacionados com a linha de produção, como o treinamento de funcionários, cuidados com a matéria-prima adquirida e planejamento de vendas, os gestores dessas linhas de produção também precisam estar atentos com a manutenção industrial, garantindo assim o bom funcionamento de sua linha de produção.

 

No texto de hoje, falaremos com mais detalhes sobreos fatores fundamentais para garantir que a manutenção industrial de seus equipamentos seja realizada com sucesso. Acompanhe!

Importância da manutenção industrial

A manutenção industrial é fundamental, garantindo que nenhum equipamento apresente problemas técnicos, o que poderia causar atrasos na linha de produção, diminuição na qualidade dos produtos oferecidos e até mesmo a perda de algum cliente por conta desses problemas. É necessário observar aqui os pontos que precisam de manutenção, respeitando fatores como vida útil de cada um dos componentes que faz parte da sua linha de produção. Cuidados específicos com o cabeamento das máquinas é muito importante, já que eles são responsáveis pela comunicação entre os diferentes componentes e  também pela transmissão da informação que será utilizada para verificar diferentes fatores da linha de produção.

 

A manutenção industrial constante também evita que o maquinárioapresente problemas mais graves, já que peças desgastadas serão substituídas ou calibradas de forma constante, diminuindo consideravelmente a necessidades de parar efetivamente a máquina para a substituição de partes e peças.

Tipos de manutenção

De maneira geral existem dois tipos de manutenção industrial de equipamentos:

 

• Manutenção preventiva – É realizada de acordo com um calendário estabelecido previamente e tem como objetivo verificar se diferentes aspectos do maquinário estão funcionando adequadamente, garantindo assim que tudo siga padrões e necessidades estabelecidas pelas empresa. Essa manutenção pode ser feita constantemente, e deve ser intensificada de acordo com a complexidade e a necessidade de cada um dos componentes que fazem parte do maquinário da empresa. Antes do agendamento da manutenção preventiva, é importante consultar o fabricante da máquina e também verificar o tempo que a manutenção leva, planejando assim a interrupção da linha de produção durante esse período.

 

• Manutenção emergencial – Acontece quando algum equipamento apresenta um problema grave ou simplesmente para de funcionar. Geralmente esse tipo de manutenção costuma ser mais cara, graças ao seu caráter de urgência. É necessário contar com o contato de técnicos especializados e que possam atender a sua região de maneira rápida, diminuindo o tempo em que a máquina ficará inoperante.

 

Geralmente, a manutenção industrial preventiva consegue evitar a necessidade das manutenções de emergência e por isso é a mais recomendada e deve ser a opção principal para os proprietários de empresa.

Elaborando um planejamento de manutenção industrial

O primeiro passo para um planejamento de manutenção industrial é definir de quanto em quanto tempo esses procedimentos serão necessárias. Essas informações podem ser obtidas com os fornecedores de máquinas etambém com fornecedores de cabos e outros componentes, sabendo principalmente a vida útil média de cada uma das partes que compõem a linha de produção. Depois é necessário definir com o técnico o tempo necessário para fazer a manutenção em cada uma das máquinas, calculando o impacto que terá na linha de produção, já que a máquina em questão terá que ficar parada por um tempo específico. É possível definir junto ao técnico alguns horários alternativos para a realização da manutenção industrial, focando principalmente em não afetar de maneira direta a capacidade produtiva da equipe.

 

Colete também informações com os colaboradores de sua empresa sobre o desempenho da máquina que receberá manutenção, sabendo principalmente se ela apresenta alguma instabilidade ou algum problema constante, auxiliando assim o trabalho do técnico que fará a manutenção industrial. Com esses dados em mãos, é hora de definir um calendário para cada uma das máquinas e componentes do sua linha de produção e montar junto aos diferentes técnicos um planejamento de manutenção preventiva. Tomando esse cuidado você vai evitar que sua linha de produção pare, além de aumentar a vida útil de seus equipamentos e garantir a qualidade da produção de sua empresa.

 

Quando você for fazer a manutenção na sua indústria, conte com os cabos da Sparflex. Você terá alta qualidade e segurança. Fale com nossos especialistas.

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação