Corda de violão: saiba como escolher na hora de comprar

8 de outubro de 2020 por na categoria Áudio, Música com 0 e 0
Home > Blog > Áudio > Corda de violão: saiba como escolher na hora de comprar

Será que corda de violão é tudo igual? Se há diferença, em que ela influencia? Como escolher a corda para o seu instrumento? O que levar em consideração?

Hoje aqui a gente vai te responder todas essas questões e te ajudar a não quebrar mais a cabeça com esse assunto.

 

Corda de violão: há alguma diferença?

As cordas de violão não são todas iguais.

Primeiramente, existem cordas de aço (com uma sonoridade mais brilhante e indicadas para sertanejo, rock, pop, etc.) e as feitas de nylon (mais macias e confortáveis aos dedos, sendo indicadas para gêneros como MPB, bossa nova, etc.).

Importante ressaltar aqui que você jamais deve usar cordas de aço em violão de nylon e vice-versa. Um violão feito para cordas de nylon não suportaria a tensão das cordas de aço, por exemplo. Cada um é construído de forma distinta.

Continuando…

As cordas de violão ainda se diferenciam no quesito tensão e calibre.

Mas calma que falaremos melhor sobre isso aqui e te ajudaremos a escolher a corda de violão ideal.

Outra coisa importante também é saber se é a hora certa de fazer a troca da corda do violão (ou do encordoamento). Para isso veja um artigo que fizemos esclarecendo essa questão aqui: hora de trocar as cordas.

 

Falando sobre o calibre das cordas

As cordas de aço possuem diferentes espessuras e “durezas” por assim dizer. Se pegarmos agora um pacote de cordas para violão (encordoamento), é possível ver uma numeração como 009, ou 010 ou ainda 011. Esses números servem para indicar o calibre das cordas, ou seja, o quão grossas ou finas elas são.

Cordas de calibre 009 são bem macias e possuem um som mais aveludado, pendendo para os graves. Elas costumam ser usadas mais por iniciantes ou por quem deseja esse tipo de sonoridade.

Já as cordas 010 são usadas por boa parte dos músicos porque tem ainda mais maciez, contudo oferecem um som mais brilhante.

Enquanto isso, cordas 011 são mais duras e conferem um som com mais volume e ainda mais inclinado aos agudos.

Temos também as cordas 012, mas essas são bastante duras e podem chegar a machucar os dedos se você tocar num instrumento usando elas por muito tempo.

Cabe dizer que se o seu violão veio de fábrica com cordas 010, se você for usar outro tipo é necessário levá-lo num luthier e pedir para ele regular o instrumento para o tipo de corda que pretende usar.

 

A tensão da corda de violão

Já no caso da tensão, ela é usada para as cordas de nylon. É um tipo de classificação similar ao calibre das cordas de aço.

Mas o termo “tensão” também tem sido usado por algumas pessoas para se referir ao calibre das cordas de aço.

As cordas de tensão baixa possuem destaque para os graves, tendo, no entanto, um som menos potente. Enquanto isso, as cordas de tensão média proporcionam um som mais encorpado, com destaque para médios-agudos e médios-graves. Já as cordas com tensão alta têm destaque para os agudos, com um timbre mais brilhante. Contudo elas também oferecem bons médios e graves.

 

Extra: falando sobre modelos de cordas

Uma coisa que também é importante lembrar na hora de comprar corda de violão é do modelo. Há aquelas com bolinhas (usadas por instrumentos com pinos no cavalete e onde você introduz as cordas) e aquelas com uma espécie de tecido onde você precisa dar um nó na corda para prendê-la.

Veja qual o tipo de corda do seu violão para não errar na hora da compra.

Gostou da dica? Não deixe de conferir muitos outros artigos no blog da Sparflex. Nos vemos por lá!

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação