Indicadores de desempenho logístico para indústrias

11 de fevereiro de 2021 por na categoria Institucional com 0 e 0
Home > Blog > Institucional > Indicadores de desempenho logístico para indústrias

Como está a logística da sua empresa? Trata-se de um aspecto essencial para garantir o fluxo adequado da produção e vendas. E para saber como está a sua eficiência operacional existem os indicadores de desempenho logístico para indústrias.

Interessado no assunto e querendo saber mais? Então, continue com a leitura deste artigo e confira, nos tópicos a seguir, quais são os principais.

  • O que são os indicadores de desempenho logístico
  • Principais indicadores de desempenho logístico

 

O que são os indicadores de desempenho logístico

Para analisar como está o fluxo de produção e vendas na indústria é possível fazer uso dos indicadores de desempenho logístico. São informações que mostram a eficiência da sua empresa em todas as etapas e, a partir da sua análise, identificam-se falhas.

Com isso, consegue-se melhorar a logística na indústria. Afinal, ela deve ser dinâmica para garantir que os produtos certos cheguem aos seus clientes dentro do prazo estipulado.

 

Principais indicadores de desempenho logístico

  • OCT – Order Cycle Time

Refere-se ao tempo percebido pelo cliente desde o momento que ele faz um pedido até recebê-lo. Empresas que têm foco no cliente devem atentar, em especial, aos indicadores relacionados a ele, a fim de fidelizá-lo.

  • OTIF – On-Time & In-Full

Esse é outro dos indicadores de desempenho logístico voltados ao cliente. Aqui, é preciso saber se o produto foi entregue dentro do prazo, no local combinado e se estava em conformidade com o solicitado. Para tanto, deve-se registrar todas as informações para a posterior análise.

  • OTD – On-Time Delivery

Serve para calcular o número de encomendas entregue no prazo estipulado. Para monitorar esse dado, é necessário registrar as informações, conferir diariamente e definir rotas de entrega mais rápidas. Sistemas de automação de rotas ajudam a melhorar o desempenho, bem como oferecer entregas agendadas.

  • OFR – Order Fill Rate

É mais um dos indicadores de desempenho logístico e refere-se ao tempo que a empresa leva para processar um pedido interno, como a compra de matéria-prima. Quanto mais ágil ele for, mais rápido o produto é fabricado e entregue ao cliente.

  • Tempo gasto na resolução de problemas

É preciso que a indústria esteja preparada para possíveis problemas e o tempo gasto com a sua resolução deve ser medido. Recomenda-se que ele seja o mais curto possível, a fim de causar o menor número de transtornos no fluxo da produção.

  • Exatidão na conferência do estoque

Serve para avaliar se o estoque registrado no sistema de gestão está de acordo com o estoque real da indústria, o que deve ser feito por meio de inventário. Quando há discrepâncias, é urgente analisar onde está a falha e corrigi-la.

  • Avarias ocorridas no transporte

É um dos indicadores de desempenho logístico para medir o percentual de produtos que sofrem avarias durante o transporte até o cliente. Quando esse número é significativo, são necessárias medidas preventivas, o que exige entender os motivos das avarias.

  • Rotatividade da equipe

Aqui, a ideia é calcular o tempo médio que os funcionários trabalham na indústria e quantos são contratados e demitidos por ano. O melhor é que a rotatividade seja baixa, o que contribui para a formação de uma equipe capacitada e experiente.

 

Já sobre o desempenho da produção, uma das melhores formas de ter controle é com o uso do Kanban, técnica desenvolvida pela Toyota do Japão.

 

Você pode contar sempre com os cabos da Sparflex, que são desenvolvidos para terem alta performance na produção industrial. Entre em contato pelos seguintes canais:

Telefone – (11) 2535-8900

Email – contato@sparflex.com.br

Site – sparflex.com.br/contato

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação