Como o cabo para energia solar atua nos sistemas fotovoltaicos

3 de fevereiro de 2022 por na categoria Institucional com 0 e 0
Home > Blog > Institucional > Como o cabo para energia solar atua nos sistemas fotovoltaicos

A energia solar tem ganhado cada vez mais espaço quando se fala de fontes de energia mais eficientes para empresas e até mesmo para as residências. A sua utilização oferece inúmeros benefícios, como economia financeira e sustentabilidade para o meio ambiente.

Por isso, vale a pena saber como esses sistemas funcionam, inclusive, em relação ao cabeamento, que consiste em uma parte essencial de todo o processo. Então, se você quer saber como o cabo para energia solar atua nos sistemas fotovoltaicos, continue lendo este artigo.

Nos tópicos a seguir, você obtém as principais informações a respeito do tema.

  • Como são os cabos usados no sistema de energia solar
  • Quais são os tipos de cabo para energia solar

 

Como são os cabos usados no sistema de energia solar

Além de módulos e inversores, entre outros equipamentos, um sistema fotovoltaico precisa de um cabo para energia solar adequado, para que funcione corretamente. Afinal, são os cabos que possibilitam levar a corrente elétrica entre os seus componentes.

E por conta da sua grande importância para o sistema, a escolha do cabeamento merece uma atenção especial, afinal, o seu papel está associado, principalmente, com os requisitos de segurança e desempenho. Para tanto, é essencial saber quais são os modelos mais apropriados para cada situação.

É preciso ter em mente que os cabos sofrem com o aquecimento do sistema e também com as intempéries. Por isso, de acordo com a capacidade de geração de energia e as condições climáticas, um pode ser mais adequado do que outro.

E claro, eles devem estar em conformidade com a norma NBR 16690, que discorre sobre as instalações elétricas de arranjos fotovoltaicos.

 

Quais são os tipos de cabo para energia solar

Em geral, existem três tipos principais, sendo que a escolha vai depender das especificações do sistema fotovoltaico. O cabo principal DC, por exemplo, tem a função de promover a conexão entre a caixa de junção do gerador com o inversor.

No entanto, é melhor que esse cabo para energia solar seja utilizado apenas quando a caixa de junção estiver instalada em espaços internos. Trata-se de uma precaução porque esse modelo é sensível aos raios solares.

Há também os cabos de módulo ou fileira, que são condutores e têm a responsabilidade de ligar a caixa de junção com os módulos individuais do gerador.

Com esse tipo de cabo para energia solar tem-se a garantia que a corrente de energia, originada nas células fotovoltaicas, vai seguir com segurança, sem curtos-circuitos e nem falhas no sistema. Por fim, existe o cabo do ramal AC, que serve para conectar o inversor à rede receptora.

Para tanto, essa ligação é feita por meio de equipamento de proteção. Além de escolher o tipo de cabo para energia solar correto em cada sistema fotovoltaico, é de extrema importância que ele ofereça resistência e seja compatível com a tensão e também com os estresses térmicos e mecânicos.

Ao ter esses cuidados, os cabos duram por muito mais tempo e o sistema de energia solar se mantém prevenido de riscos. Já para o bom funcionamento do conjunto, os equipamentos devem ainda respeitar a distância máxima entre eles.

Agora, veja outro artigo, que fala sobre os tipos de condutores elétricos, também essenciais para sistemas de energia solar.

Se você precisa de cabos para sistemas de energia solar pode comprar com a Sparflex, que inclusive produz esses cabos com a tecnologia LSZH. Contate-nos pelos seguintes canais:

(11) 2535-8900

contato@sparflex.com.br

sparflex.com.br

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação