Ponte rolante: quais as funções e usos

5 de agosto de 2021 por na categoria Institucional com 0 e 0
Home > Blog > Institucional > Ponte rolante: quais as funções e usos

A ponte rolante é um equipamento indispensável em diferentes setores da economia. Você sabe quais as funções e usos que ela possui? Para conhecê-la melhor, continue com a leitura deste artigo e confira as informações presentes nos tópicos a seguir.

  • O que é uma ponte rolante
  • Como funciona e quais seus usos

 

O que é uma ponte rolante

A ponte rolante consiste em um equipamento que serve para levantar e movimentar produtos de grande volume e/ou peso. Para tanto, é constituída de diferentes componentes que permitem cumprir a sua função, sendo que são basicamente três elementos que formam as pontes rolantes: a viga, o carro e a talha.

A principal parte é a chamada viga, que pode ser única ou dupla, o que varia de acordo com o tipo de operação realizada. É sobre ou sob ela que o carro, outro componente da ponte rolante, é deslocado, de modo que as cargas consigam ser movimentadas.

O já mencionado carro é mais um componente da ponte, sendo que ele se move pela viga. Além disso, é responsável por sustentar a talha, o que possibilita o movimento vertical ou transversal do material. Por fim, a já citada talha fica montada no carro e permite que a carga seja elevada.

Para tanto, cabos de aço são usados para levantar os materiais, bem como um motor elétrico que atende o sistema de freios.

 

Como funciona e quais seus usos

A ponte rolante é um equipamento que consegue realizar movimentos rápidos, seguros e precisos, desde que trabalhe com cargas que não ultrapassem a sua capacidade.

Para tanto, existem sensores que controlam o peso das cargas, de modo que não sejam deslocados materiais acima do limite, o que pode causar acidentes. Além disso, o movimento da ponte rolante pode ser executado de diferentes formas, por meio de controle remoto, botoeira pendente e com a cabine.

No primeiro caso, o funcionamento é por via receptor de rádio frequência, que se conecta de maneira elétrica ao painel. Desse modo, o operador consegue de posicionar distante do equipamento, garantindo a sua segurança, bem como uma visão mais ampla da operação.

Com a botoeira pendente também é possível mover a ponte rolante, porém, nesse caso, o dispositivo se posiciona bem próximo ao painel de controle, uma vez que é conectada a um cabo. Assim, as manobras são menos eficientes e o operador precisa estar perto da ponte.

Em ambientes mais perigosos, a melhor opção para operar a ponte rolante é com a cabine, já que consegue aumentar a segurança de quem manuseia o equipamento. Quanto à sua utilidade, trata-se de um elemento imprescindível em uma série de situações.

Entre elas, movimentar contêineres e demais itens pesados e de grandes dimensões em portos, pátios de materiais, armazéns, canteiro de obras e na indústria em geral. É essencial ainda para operações que consistem em carregar e descarregar cargas.

Como é de se imaginar, a sua vantagem está no fato de evitar o esforço dos trabalhadores de maneira excessiva, sem contar que é uma forma muito mais segurança e ágil de realizar o serviço.

 

Agora, veja outro artigo que fala sobre os cabos não halogenados, essenciais para a segurança nas indústrias.

 

Se você procura cabos para ponte rolante pode conversar com a Sparflex, que produz esses cabos seguindo as principais normas nacionais e internacionais de qualidade. Entre em contato hoje mesmo:

(11) 2535-8900

contato@sparflex.com.br

sparflex.com.br

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação