Mesa de som: para que serve e como funciona

4 de abril de 2019 por na categoria Áudio com 0 e 0
Home > Blog > Áudio > Mesa de som: para que serve e como funciona

O mundo da música tem muitos equipamentos, concorda? E no caso de bandas, um dos principais, além dos instrumentos, é a mesa de som. Ela é quem faz com que a música seja finalizada, ficando pronta para os fãs escutarem milhões de vezes! Ou seja, um equipamento de extrema importância para os estúdios, sejam caseiros ou profissionais. E caso você não saiba o que é ou para que serve uma mesa de som, preparamos este artigo com informações introdutórias.

Boa leitura!

O que é uma mesa de som

Além de ter várias funções, a mesa de som também tem vários nomes diferentes, sendo os mais comuns misturador, mesa de mistura ou simplesmente mixer. E para quem trabalha com áudio, seja um engenheiro de som ou uma banda, a mesa de som é um dos equipamentoa essenciais no estúdio de gravação e em palcos, pois é ela quem pega o sinal de áudio de cada instrumento e microfone (as fontes de áudio) e junta esses sinais eletrônicos, criando assim a mixagem dos sons para que a música possa ser escutada na forma certa para os ouvidos.

Entre as demais funcções, a mesa de com também serve para ajustar o volume de cada fonte de áudio, e também para ajustar a intensidade de cada efeito sonoro dessas fontes, como por exemplo os pedais de guitarras. Depois da captura de sinais e ajustes, a mesa de som envia os sinais para os amplificadores, no caso de shows, e para outros equipamentos que fazem o tratamento do som, no caso de estúdios.

Estrutura e recursos das mesas de som

Imagine que cada instrumento e microfones estão ligados na mesa de som. O caminho que o som de cada um deles percorre é chamado de canais. Existem canais de entrada e de saída. Os de entrada são os que recebem o sinal das fontes de áudio e fazem a mixagem, que nada mais é do que juntar todos os sinais. Já os de saída pegam o resultado da mixagem e levam para outros aparelhos, como amplificadores ou gravadores.

Os canais de entrada e saída têm diferentes sistemas de conectores, sendo os mais comuns o P10 estéreo ou mono e o XLR.

Quem já viu uma mesa de som sabe que nela existem muitos botões. A maioria deles serve para ajustar o volume de cada fonte de áudio, os níveis de graves e agudos, as frequências médias e para onde o som mixado será enviado na saída.

Os níveis de graves, agudos e médios são controlados nos botões de equalização. Em geral, as mesas de som possuem diferentes faixas de equalização, dependendo da marca e modelo.

Já os botões de fader servem para ajustar o volume de cada canal, de modo a criar harmonia entre cada fonte de áudio, para que o resultado final seja o melhor possível.

 

É claro que neste artigo procuramos descrever apenas uma noção geral e bem básica sobre a estrutura de uma mesa de som. Ela tem ainda muito mais para ser explicado, mas agora você já tem uma ideia de como ela funciona e para que serve. Modelos mais sofisticados contêm ainda muitos outros recursos. E para que você tenha ainda mais conhecimento sobre o mundo da música, é só visitar nosso blog. Nos vemos por lá!

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação