Como escolher o amplificador de guitarra ideal para você

21 de fevereiro de 2019 por na categoria Áudio com 0 e 0
Home > Blog > Áudio > Como escolher o amplificador de guitarra ideal para você

Tocar guitarra sem um amplificador é igual mascar chiclete sem sabor… não tem graça nenhuma! E na hora de comprar um para você (o amplificador, não o chiclete!), principalmente se for o seu primeiro, é bom saber de algumas dicas para escolher o modelo certo! Acompanhe aqui e escolha o amplificador de guitarra ideal para você fazer seu som fluir.

1. Teste com sua guitarra

Existem centenas de marcas e modelos de amplificador de guitarra, então não se impressione com o primeiro que você ver. O ideal é ir até uma loja com sua guitarra e testar alguns modelos. Isso porque se for com outra guitarra, o timbre pode sair diferente e você vai se decepcionar depois!

2. Tecnologias diferentes

Os amplificadores de tubo continuam sendo os mais usados por músicos, que consideram seu som mais fiel e puro. Mas hoje existem modelos digitais que produzem o som tão bom quanto os de tubo, inclusive com preços mais baixos. Então você pode testar os diversos tipos diferentes e sentir o que mais te agrada. E, claro, de acordo com o orçamento que você tiver disponível.

3. Potência

Se você vai usar seu amplificador de guitarra para tocar em casa, uma potência de 10 watts deve ser suficiente para não enlouquecer seus vizinhos! Já em um ensaio com uma banda, algo entre 25 e 50 watts vai produzir um som alto e claro. Mas se for um show ao vivo, aí pode ser preciso um com mais de 50 watts para gerar a altura necessária e sem criar microfonia.

4. Alto-falantes

Por incrível que pareça, muitas pessoas acabam se esquecendo da importância dos alto-falantes em um amplificador! Talvez seja porque eles ficam escondidos lá dentro! Mas o fato é que na hora de escolher seu amplificador de guitarra, você tem que estar atento, pois alto-falantes de tamanhos diferentes produzem sons diferentes, da mesma forma que acontece com a potência. Como via de regra, os modelos menores soam mais fortes, e os maiores têm um som mais profundo. Vale aqui a mesma dica de testar o amplificador com sua guitarra, e então perceber qual tamanho de alto-falante é o melhor para seus ouvidos.

5. Canais

Existem modelos de amplificador com quantidades diferentes de canais. Para entender isso melhor, pense que um amplificador com vários canais produz muitos tons diferentes, o que é uma situação preferida por muitos músicos. Mas se você quer apenas tocar sem se preocupar muito com diversos tons, um modelo com 3 canais deve ser suficiente.

6. Teste os botões

Depois que escolher alguns modelos, aproveite para testar os botões de cada um deles. Principalmente os botões de girar, como os de volume e ganho, devem ser macios e girar com facilidade. Também é uma boa ideia você ajustar os controles de tons e sentir como o som produzido fica, através da interação entre um tom e outro.

7. Características extras

O tom e o volume de um amplificador devem ser os pontos principais a serem observados, mas veja também quais outros extras você vai precisar. Pesquise os efeitos e loops incorporados ao modelo que você está escolhendo. Veja também se as saídas são as que você precisa, como por exemplo as de emulação de alto-falantes, ideais para tocar em casa, e as para alto-falantes externos, voltadas para ensaios e shows.

E para conectar sua guitarra ao amplificador, use os cabos da Sparflex. O som vai sair puro e agradável! Conheça nossa linha de cabos para áudio.

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação