As diferenças entre violão elétrico, acústico e eletroacústico

6 de junho de 2019 por na categoria Áudio com 0 e 0
Home > Blog > Áudio > As diferenças entre violão elétrico, acústico e eletroacústico

Se você está planejando comprar um violão, ou quer saber as diferenças entre os 3 principais tipos existentes, este artigo é para você!

 

Tocar violão é um hobby, ou profissão, que muitas pessoas gostam. O violão é um instrumento relativamente fácil de aprender, com preços acessíveis e que agrada aos ouvidos. E na hora de comprar seu violão, é uma boa ideia conhecer os 3 principais tipos, que são o violão acústico, o violão elétrico e o violão eletroacústico. Claro que o acústico é o mais usado, mas pode ser que você prefira um dos outros 2 modelos, de acordo com sua necessidade. Cada modelo de violão tem características, estruturas e funcionamentos diferentes. Então conheça as diferenças e qual modelo é o mais adequado para você.

Violão acústico

O violão acústico é o mais comum e mais usado entre os músicos, sejam eles iniciantes ou profissionais.

 

A principal diferença entre os outros modelos é que o acústico não tem partes elétricas, e assim ele não pode ser ligado em caixas de som ou amplificadores. Mas na verdade isso nem é necessário, pois a construção do violão acústico é feita de modo que ele tenha uma amplificação natural, resultando em um som potente e, claro, muito agradável. Isso é possível por causa da caixa de ressonância, que é a parte “gordinha” do violão. Algumas pessoas usam captadores, que são colocados sob as cordas na entrada da caixa de ressonância e ligados por um cabo a um amplificador ou caixa de som, aumentando assim o volume do instrumento.

 

Por não precisar de cabos ou acessórios elétricos, o violão acústico pode ser levado para onde você quiser.

Violão Elétrico

 

O violão elétrico também é conhecido como flat ou sólido, por causa da sua construção. Diferente do acústico, o elétrico tem um corpo fino, por não ter a caixa de ressonância. Dessa forma, é preciso ligar o violão elétrico a um amplificador, caso contrário o som será muito baixo. Ou seja, esse modelo não é o mais indicado caso você queira leva-lo para qualquer lugar. Mas se você precisa de um som mais alto do que o acústico, talvez para tocar com sua banda, então o elétrico atende sua necessidade.

O violão elétrico tem botões de controle, como volume, bass e treble, e além disso, você pode ligar pedais de efeitos no violão elétrico, para criar sons diferentes.

 

Violão Eletroacústico

 

Como você pode imaginar, o violão eletroacústico é uma mistura dos dois modelos que citamos até agora, o que representa uma grande vantagem e praticidade. Assim como no modelo acústico, você não precisa liga-lo a equipamentos elétricos, e assim pode tocar em qualquer lugar. Mas se você quer um som mais alto, aí é só conectar um cabo no violão e no amplificador e pronto, ele pode ser usado como no modelo elétrico.

A caixa de ressonância do violão eletroacústico é menor se comparada à do acústico, mas ainda assim o som produzido de forma acústica é satisfatório. E assim como no modelo elétrico, o eletroacústico tem botões de controle para ajuste de som.

Por causa da sua versatilidade, este modelo é bem procurado por músicos e estudantes.

 

E agora que você já conhece os 3 principais modelos de violão e suas diferenças, fica mais fácil decidir qual o ideal para você. E se você quiser saber mais sobre o mundo da música, acompanhe o Blog da Sparflex. Nos vemos por lá!

 

Adicionar comentário

© 2017 Todos os direitos reservados - SPARFLEX - Fios e Cabos Especiais ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação